Codex Pirata (BR)

Piratas são livres

Piratas amam a liberdade, são independentes, autônomos e questionadores da submissão cega. Eles defendem a autodeterminação informada e a liberdade de opinião. Piratas carregam a responsabilidade que é incutida pela liberdade.

Piratas respeitam a privacidade

Piratas protegem a privacidade. Eles lutam contra a febre crescente do Estado e da economia de monitorar o povo porque ela proíbe o livre desenvolvimento do indivíduo. Uma sociedade livre e democrática é impossível sem um espaço privado e não-observado.

Piratas são críticos

Piratas são criativos, curiosos, e se inquietam com o status quo. Eles desafiam sistemas, procuram pontos fracos e tentam encontrar formas de arrumá-los. Piratas aprendem com seus erros.

Piratas são justos

Eles honram sua palavra. Solidariedade é importante quando se trata de objetivos coletivos. Piratas contrariam a mentalidade de se fazer vista grossa na sociedade e ajem quando a coragem moral é necessária.

Piratas respeitam a vida

Piratas são pacíficos. E portanto rejeitam a pena de morte e a destruição do meio-ambiente. Piratas defendem a sustentabilidade da natureza e seus recursos. Nós não aceitamos patentes sobre a vida.

Piratas são famintos por conhecimento

O acesso à informação, educação, conhecimento e descobertas científicas deve ser ilimitado. Piratas apoiam a cultura livre e o software livre.

Piratas são sociais

Piratas respeitam a dignidade humana. Eles se comprometem a uma sociedade unida em solidariedade onde os fortes defendem os fracos. Piratas defendem uma cultura política de objetividade e igualdade.

Piratas são cosmopolitas

Piratas são parte de um movimento global. Eles tomam vantagem de oportunidades garantidas pela Internet e são, portanto, capazes de pensar e agir sem fronteiras